Pesquisar este blog

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Eu acuso a Placar!

Acabo de enviar este e-mail abaixo ao Ministério Público Federal, por causa da capa de outubro da revista esportiva "Placar", em que tiveram a "brilhante" ideia de compará-lo a Nosso Senhor Jesus Cristo. 

Blasfemia! Blasfemia! Blasfemia! Amaldiçoados sejam os que tiveram a ideia, amaldiçoados sejam os que a autorizaram, amaldiçoados sejam os que a desenharam, amaldiçoados sejam os que a comprarem!!! 

Que País é este em que se vilipendia a Fé da maioria do povo brasileiro e... tudo bem! Publica-se uma notinha desavergonhada e... se resolve tudo?!?!?! 

Que País é este em que a Presidente vai à ONU vociferar contra uma pretensa islamofobia (onde, senhora????) e permite que no País que ela governa se consume a mais forte e escancarada Cristanofobia, numa versão "light", "branca"?!?!?! E, por isso mesmo, muito mais perigosa?!?!?!

Quanta honra em ofender Aquele que jamais ofendeu alguém e morreu até por aqueles que O ofenderam? Quanta coragem em zombar de quem só tem caridade e amor para dar em troca?... Nesta vida, pelo menos... 

Eu queria ver se estes "homens" (e incluo nisso as mulheres que eventualmente participaram desse ultragem) teriam a coragem de, na capa de novembro, no mesmo espírito ecumênico e "inofensivo", zombar de Maomé!  Lanço o desafio, mesmo sabendo que isso não repararia a blasfemia feita. A justa reparação seria a cadeia, que é o que prevê o Código Penal (art. 208), com base na Constituição Federal que garante à maioria Católica do Brasil o pleno direito à sua religiosidade. Se o Estado é laico, que cumpra a Lei Maior do País!


Prezados senhores,

venho denunciar como cidadã católica do Brasil a revista Placar por vilipédio da Fé ao publicar uma capa que ofende a Fé de milhões de brasileiros, da maioria do povo brasileiro.

http://beinbetter.wordpress.com/2012/09/27/neymar-e-capa-de-revista-esportiva-no-corpo-de-cristo-crucificado/

Uma nota de repúdio estrategicamente publicada em seguida NÃO PODE ser a única resposta a este ato de Cristanofobia em solo brasileiro. Isso é rir da Justiça brasileira!!!

Não é possivel que a Presidente do Brasil vá ao exterior defender uma pretensa islamofobia (onde???) enquanto em nosso País somos vítimas de perseguição religiosa "branca".

Não é possível que a Justiça brasileira proíba, no Brasil, a veiculação do filme que ofende a fé muçulmana (de uma minoria ínfima do povo brasileiro) e, por outro lado, permita que um filme após o outro, um livro após o outro, uma "parada gay" após a outra e agora até revistas de esportes vilipendiem a Fé dos Cristãos, ofendendo-nos no momento mais grave, mais sublime e mais doloroso da nossa Fé, que é a Crucificação e Morte de Nosso Senhor Jesus Cristo. Que País é este?

Portanto, solicito que dêem cumprimento à Constituição Federal e garantam à maioria cristã o direito de viver nossa Fé sem sermos a toda hora e em todo momento vítimas da cristanofobia que se alastra no mundo todo (com o massacre dos cristãos no Oriente e Médio Oriente) e no Brasil.

A Fé virou piada! E, não defendendo o direito à religiosidade da maioria brasileira, a Constituição Federal também virou piada! E quem pode agir se não o Ministério Público?

4 comentários:

  1. Enquanto isso, alguma condenação dos padres tradicionalistas em SP quanto à isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não. Da mesma forma que se calaram quando do julgamento da Ação sobre o aborto dos anencéfalos no STF. Parece que repercutir a "falação" de Fellay seja mais importante que defender a vida e, agora, a honra de Nosso Senhor Jesus Cristo. Pe. Cardozo irá rezar cinco Missas reparatórias.

      Excluir
  2. Minha cara,

    Já há algum tempo venho juntando em meu computador algumas aberrações que esses doentes mentais têm feito. Entre os abusos, alguns verdadeiramente pornográficos envolvendo Nossa Senhora. Contudo, não sei como proceder para fazer a denúncia. Se a senhora tiver algum amigo advogado que lhe diga como proceder, por favor, faça um post ensinando, que publico todo o material (em print-screen) envolvendo algumas figuras públicas, como o nefasto Paulo Ghiraldelli Jr juntamente com suas instruções para qualquer católico que se sinta lesado poder denunciá-lo junto ao MP.

    Cordialmente,
    Clodoveu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Posso adiantar que o senhor poderia consultar um defensor público, embora receie que não estejam preparados para isso ou, até, façam "corpo mole". Mas vou anotar a sugestão e tentar achar um tempinho para esse assunto que se torna cada vez mais URGENTE. Grata.

      Excluir

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA